Posts Tagged 'liderança'

Quer fazer as pessoas mudarem? Aqui está a maneira certa de inspirar isso nelas

Não se concentre apenas em pontos fracos, mas também em sonhos e esperanças.

Estudo revela que precisamos de foco negativo para sobreviver, mas uma forma positiva para prosperar. Precisamos de ambos, mas na proporção certa. Confira!

PENSAR

Korbrás qualifica área comercial

Korbrás qualifica área comercial

Korbrás qualifica área comercial

Gerentes e funcionários da Korbrás Indústria e Comércio aprenderam técnicas de vendas e negociação aliadas com ferramentas de Programação Neurolinguística (PNL) para ampliar seus resultados comerciais. O treinamento “Como alavancar as vendas” foi realizado pela Alertse Qualificação Profissional e ministrado pelos facilitadores Chana Vasco e Marcelo Felippe.

“O curso me ajudou muito a ter visão em como ampliar negociações, criar metas de trabalho em conjunto e aquisição de conhecimento”, avaliou a funcionária Luciana de Lima Costa. Sua colega, Viviane Santos aprovou a metodologia aplicada, “Ótima didática, clara e objetiva” .

Ao longo de oito horas do treinamento “Como alavancar suas vendas” os profissionais da Korbrás puderam aprender técnicas de vendas e negociação, como MAANA e ZAP, além de ferramentas poderosas da PNL, como Rapport e Sistemas Representacionais.

A pesquisa feita após o curso demonstra total aprovação dos participantes, sendo que 54% ficaram muito satisfeitos e 46% avaliaram como satisfeitos. O destaque ficou para o domínio do conteúdo demonstrado pelos facilitadores, com 69% de “muito satisfeito”.

Veja aqui as fotos do treinamento.

Faça como a Korbrás e amplie significativamente o potencial de vendas de sua equipe comercial e comece já a ter melhores resultados. Conheça os cursos da Alertse Qualificação Profissional, seja no site http://www.alertsequalificacao.com.br, seja pelo telefone (31) 3053-9126.

O ensinamento da rosa amarela

Resolvi pegar a muda para analisar sua aparência de mais perto. Calculei mal o peso e deixei escapar das mãos. O resultado: furei-me profundamente, mais do que achei ser capaz – em se tratando de uma flor.

Resolvi pegar a muda para analisar sua aparência de mais perto. Calculei mal o peso e deixei escapar das mãos. O resultado: furei-me profundamente, mais do que achei ser capaz – em se tratando de uma flor.

*Chana Vasco

Ontem fui a Juiz de Fora trabalhar. No retorno a Belo Horizonte, parei na cidade mineira de Barbacena para fazer um lanche e vi uma placa “Vendo mudas de rosa”. Fui lá conferir na intenção de comprar uma para plantar na entrada da minha casa. Escolhi a amarela, pois estava encantadora. Resolvi pegar a muda para analisar sua aparência de mais perto. Calculei mal o peso e deixei escapar das mãos. O resultado: furei-me profundamente, mais do que achei ser capaz – em se tratando de uma flor.

Refletindo sobre as causas do ocorrido, percebi o meu maior erro: desconsiderei os espinhos da rosa ao me encantar com sua beleza. Que culpa teve a flor? Nenhuma, afinal, se por um lado ela era sedutora, também se mostrou por inteira, inclusive com seus espinhos, que eu ignorei.

Em relacionamentos interpessoais percebo que, em alguns casos, algo similar acontece: pessoas concentram atenção naquilo que encanta no outro, desconsiderando todo o resto. Afinal, quem conhece o caso de alguém que se casou e de repente o ex-namorado mudou? O político que ignorou seu eleitorado ao ser eleito? Ou, ainda, uma colega de trabalho bacana que se transforma em chefe tirana? São muitos os exemplos de “transformações”.

Fico me perguntando: será que homens e mulheres mudam de personalidade subitamente ou não foram percebidos de forma inteira? Será que a sedução da característica que agrada no outro não ofuscou as outras que não são tão belas sem as lentes da ilusão?

Percebo que nem rosas nem pessoas são apenas beleza ou espinho. Em ambos os casos, sempre haverá coisas maravilhosas e outras que precisamos aprender contornar ou, ainda, nos afastar. O cálculo errado pode machucar e não necessariamente por má intenção da outra parte, mas, assim como no caso da minha flor, não ter olhado para ela  por inteiro.

Fico feliz por ter comprado aquela muda que agora dá alegria a minha casa e que também me lembra para o fato de que rosas amarelas e pessoas podem machucar, mas nem por isso passam a ser más. Simplesmente são coisas que deixamos acontecer.

Chana Vasco é Relações públicas, com pós graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas é também mestranda em Administração,  Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Coach. Chana possui dez anos de experiência de mercado nas áreas de comunicação e gestão. Atualmente é diretora de Relacionamentos e Parcerias da Alertse Qualificação e ministra cursos e palestras nas áreas de “liderança” e “mudança comportamental” em faculdades e empresas.

 

Não me sinto representada

*por Chana Vasco

 Pergunto: será que os liderados das empresas sentem-se representados por seus líderes? As lideranças corporativas têm cuidado para que os colaboradores tenham condições adequadas para desempenhar suas funções?

Pergunto: será que os liderados das empresas sentem-se representados por seus líderes? As lideranças corporativas têm cuidado para que os colaboradores tenham condições adequadas para desempenhar suas funções?

Tenho orgulho de ser brasileira e viver em uma nação tão rica e que, neste momento histórico, tem seu povo mostrando de forma clara que não está satisfeito com os resultados da liderança que colocou no poder. Em coro a população pede várias melhorias que, de forma direta ou indireta, diz: “não me sinto representado(a) pelos políticos”.

Uau! Isso é fantástico! Bonito. Arrepia! É muita lucidez que aflora nas passeatas por todo o país. Fico alegre por sentir que agora vai ser diferente e algo melhor está por vir.

Fazendo uma reflexão, traço um paralelo ao mundo corporativo. Pergunto: será que os liderados das empresas sentem-se representados por seus líderes? As lideranças corporativas têm cuidado para que os colaboradores tenham condições adequadas para desempenhar suas funções? A ética está na pauta das relações com liderados, pares, superiores e sociedade como um todo? São muitas as perguntas a serem feitas para saber em que medida você, líder, está comprometido com a sua equipe. Quais são as suas respostas?

Bem, você pode se perguntar qual a relação existente entre os dois casos. É simples: nas manifestações populares, como resultado natural, haverá uma reforma política que irá modificar a relação dos políticos com o poder. No caso corporativo, a revolução é silenciosa. Pesquisas apontam que bons funcionários trocam de empresa não por salário ou benefícios, mas porque “demitem” seus líderes que se comportam como chefe, pois não pensam no bem comum, querem resultados a qualquer custo e não se importam com as pessoas.

Como anda a sua equipe? Que tipo de revolução você, líder, está estimulando? A da revolta silenciosa que rompe a relação ou aquela que motiva a ser melhor e querer fazer junto?

Lembre-se: a equipe é o reflexo da liderança que possui.

*Chana Vasco é Relações públicas, com pós graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas é também mestranda em Administração,  Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Coach. Chana possui dez anos de experiência de mercado nas áreas de comunicação e gestão. Atualmente é diretora de Relacionamentos e Parcerias da Alertse Qualificação e ministra cursos e palestras nas áreas de “liderança” e “mudança comportamental” em faculdades e empresas.

 

Melhores resultados em liderança

Liderança Chana Vasco

Cerca de 40 lideres participaram da capacitação com Chana Vasco

Com o curso “Desenvolvimento de Habilidades Gerenciais e Liderança para Profissionais de Empresas de Transporte de Carga”, Chana Vasco apresentou a cerca de 40 líderes de empresas de logística e empresas de transporte de carga técnicas, filmes, inventários, vivências e práticas para melhorar o desempenho individual e de suas equipes. O curso de 8h teve nível de satisfação superior a 90%, conforme pesquisa de satisfação aplicada aos alunos após a capacitação.

Felipe Mello, da Empresa de Transportes Martins elogiou a metologia de Chana Vasco. “As dinâmicas e a interatividade entre a facilitadora e os alunos foi excelente”, afirmou. Seu colega da Femsa Logística, Christian Guadiana, completa, “É muito boa a metodologia de mesclar o conteúdo da facilitadora com o conhecimento prévio dos alunos”. Veja mais depoimentos dos participantes clicando aqui.

Veja as fotos do curso de liderança clicando aqui.

A capacitação faz parte do ciclo de treinamentos do Setcemg, Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Minas Gerais que, em junho, terá o curso ” Como estabelecer metas e atingir resultados mais rapidamente”, com Bruno Blankenburg. Para mais informações, ligue para (31) 3490-0330 e converse com a Livia.

Faça como o Setcemg, a Universidade Fumec, USP,Polícia Militar de MInas Gerais, Sebrae Minas, Jornal Hoje em Dia, TBSA, Soma Telecomunicações e leve as palestras, cursos e treinamentos da Alertse Quallificação Profissional para sua empresa. Faça contato: (31) 3053-9126.

Depoimentos “Melhores resultados de liderança”, com Chana Vasco

“As dinâmicas e a interatividade entre a facilitadora e os alunos foi excelente”, Felipe Mello, Empresa de Transportes Martins

 

“Não há receita infalível para ser um líder. Temos que ser mais humanos porque lidamos com humanos”, Nádima Rocha, Empresa de Transporte Martins

 

“Pontos bem relevantes para pensarmos, desligarmos um pouco do dia-a-dia e pensar”, Otávio Siempniewski, Femsa Logísitica

 

“É muito bom a metodologia de mesclar o conteúdo da facilitadora com o conhecimento prévio dos alunos”, Christian Guadiana, Femsa Logística

 

“Fiquei impressionado com o diálogo entre a facilitadora e os alunos”, [sem nome]

 

“Foi muito boa a oportunidade de reciclar. Não foi novo, mas faltou pouco para relembrar e incentivar a colocar em prática. A sala poderia ser em ‘U’.”, [sem nome]

 

Chana Vasco realiza palestra sobre empreendedorismo

Chana Vasco realiza palestra sobre empreendedorismo

Chana Vasco realiza palestra sobre empreendedorismo

“Empreendedorismo e Empregabilidade” foi o tema da palestra de Chana Vasco no dia 23 de março na CEAL, em Belo Horizonte. Além de abordar esses temas, Chana estimulou o público a planejar sua carreira profissional.

Segundo Adriana Freitas, da CEAL, a palestra teve importante papel motivador para os alunos dos diversos cursos do Centro, indicando caminhos a seguir para a inserção no mercado de trabalho.

“Foi uma grande oportunidade de compartilhar nossos conhecimentos e estimular o espírito empreendedor e de liderança para orientar as pessoas a escolher sua carreira e crescer profissionalmente”, conta Chana Vasco.

Esse treinamento faz parte de um ciclo de capacitação para jovens. O próximo workshop será no dia 25 de maio, às 8h40, com o tema “Currículo Campeão”. “Realizo esses encontros há cerca de um ano e é fantástico compartilhar e aprender com essa rapaziada”, finaliza contente, Chana.

 

Leve essa palestra para sua escola

Trabalhar os aspectos do autoconhecimento, autorrealização e orientar jovens em sua escolha e trajetória profissional são alguns dos objetivos das palestras “Empreendedorismo e empregabilidade”, “Currículo campeão” e “Como se comportar em entrevistas e dinâmicas de grupo”. Todos os encontros são bastante motivacionais e promovem a reflexão dos jovens, que sentem-se mais confiantes para escolher o melhor caminho a seguir.

Informações sobre palestras e workshops no telefone: (31) 3053-9126.

Chana Vasco é Relações públicas, com pós graduação em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas é também mestranda em Administração,  Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Coach. Chana possui dez anos de experiência de mercado nas áreas de comunicação e gestão. Atualmente é diretora de Relacionamentos e Parcerias da Alertse Qualificação e ministra cursos e palestras nas áreas de “liderança” e “mudança comportamental” em faculdades e empresas.

 

 


Arquivos